Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Funcionário do Unicef assassinado perto de local de chacina

Um homem abriu fogo e matou um funcionário local do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no sul das Filipinas, perto do local do massacre de 57 pessoas no início da semana.

Nestor Bulahan foi atingido em uma paragem de autocarro da província de Maguindanao na manhã de quinta-feira e morreu no hospital pouco depois, segundo a polícia nacional filipina. A porta-voz do Unicef nas Filipinas, Angela Travais, confirmou a morte de um funcionário do Fundo da ONU e disse que o incidente pode ter sido provocada por motivos particulares.

Um total de 57 pessoas foram assassinadas por homes armados a mando de um político local na província de Maguindanao (sul da ilha de Mindanao), em um episódio sangrento da rivalidade política entre dois clãs. O principal suspeito de ter ordenado a chacina, Andal Ampatuan Jr, filho do governador da província, foi detido na quinta-feira e negou responsabilidade no massacre.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!