Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Organização Mundial da Aviação Civil pronunciar-se-á depois de 2015

A Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO) afirma que só poderá pronunciar-se sobre a qualidade e segurança do passaporte biométrico moçambicano depois de 2015, altura em que todos os países membros daquela agremiação estarão já a usar aquele tipo de documento.

 

 

Cerca de 70 de um universo de 190 países membros da ICAO, incluindo Moçambique, já manifestaram publicamente a adesão ao uso de passaportes biométricos, segundo Alberto Mabjaia, directorgeral do Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM), falando ao Correio da manhã.

Mabjaia referiu, entretanto, que a ICAO projecta, depois de concluir a introdução do passaporte biométrico, incentivar em todos os 190 países membros a utilização do passaporte electrónico, vulgo e-passaporte, já em implementação em alguns países desenvolvidos, “mas, por enquanto, a prioridade é massificar o uso do passaporte biométrico por ser mais inovador em matéria de segurança para a aviação civil”, ressalvou a fonte.

A introdução dos passaportes biométricos e e-passaporte é uma medida que se insere no quadro dos esforços mais amplos da aviação civil visando garantir uma maior segurança na emissão de documentos de viagens, combate contra a falsificação de identidade na área de aviação civil, em Moçambique e no mundo, de acordo igualmente com Mabjaia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!