Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Organização Internacional do Trabalho financia projectos de combate ao HIV/SIDA

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) desembolsou, esta quinta-feira (25), na capital moçambicana, 280 mil dólares para as empresas de micro-finanças implementarem projectos de redução da vulnerabilidade ao HIV/SIDA nos corredores de Desenvolvimento de Moçambique.

A Zandamela Microcrédito recebeu um cheque no valor de 4.088.000 meticais para alocá-los aos seus agremiados com vista financiar actividades de redução de infeções pelo HIV/SIDA ao longo do corredores nacionais. Bobole, Manhiça, Moamba, Milanje e Zambézia são alguns pontos onde existem microcréditos abrangidos pelo programa da OIT.

Com essa iniciativa, a OIT pretende que os Objectivo do Desenvolvimento Milénio (ODM), de acabar com a pandemia do HIV/SIDA, sejam alcançados, através do financiamento de actividades económicas das populações que vivem nos pontos considerados mais afetados nos corredores de Desenvolvimento de Moçambique.

O projeto em causa, já está na segunda fase de implementação, está também em curso no Zimbabwe, na Zâmbia, no Malawi e na Africa do Sul.

Refira-se que a primeira fase, o programa abrangia somente os camionistas, uma vez que eram considerados o grupo com maior índice de infecção pelo HIV/SIDA. Entretanto, pelos resultados obtidos, constatou-se que o mesmo projecto devia contemplar, na fase seguinte, as populações que se encontram ao longo dos corredores nacionais, incluindo as trabalhadoras do sexo, que são tidas como a camada propensa às infecções sexuais.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!