Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apuramento CAN-Interno: Mambas defrontam a Namíbia

A selecção nacional de Moçambique, Mambas, recebe neste domingo (28 de Julho), no Estádio da Machava, a sua congénere da Namíbia em jogo da penúltima eliminatória de acesso ao Campeonato Africano de Futebol para jogadores internos (CAN-interno), prova a decorrer em 2014 na vizinha África do Sul.

Depois de afastar as Ilhas Comores na primeira eliminatória por um agregado de 6 a 1, desta vez o combinado nacional irá medir forças com a Namíbia, selecção com quem jogou e venceu recentemente no Torneio da Cosafa por 1 a 0, com golo de Sonito. João Chissano, seleccionador nacional interino, acredita que este confronto será difícil e faz uma analogia com o da terça-feira (16 de Julho) na Zâmbia, fundamentando que “a Namíbia tem uma grande selecção. É composta por jogadores jovens e talentosos, com uma forte capacidade de transição de bola da defesa ao ataque”.

Contudo, afirma o técnico que a sua equipa vai enfrentar o adversário de peito aberto pois, para ele, jogar em casa é essencial, ainda mais com o apoio do público moçambicano. Indo mais longe, o “interino” pede para que o povo esqueça os desaires do passado, acreditando que as duas vitórias alcançadas no torneio da Cosafa, pese embora tenha entrado com pé esquerdo perdendo logo no primeiro e mais importante jogo diante da Zâmbia, trouxeram outros índices de motivação no balneário.

Espera Chissano que o público esteja na Machava a apoiar os Mambas do primeiro ao último minuto, tal como acontecia quando ele era jogador da selecção nacional.

Se os Mambas eliminarem a Namíbia nesta fase irão defrontar na derradeira eliminatória de acesso ao CAN-interno a selecção da Angola, conjunto com quem igualmente jogaram e derrotaram pela tangente de 1 a 0 na “Cosafa”. Caso se qualifique, esta será a primeira vez que Moçambique atinge a fase final deste certame, cuja primeira edição teve lugar em 2011, no Sudão.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!