Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ONU documenta 93 mil mortos no conflito sírio

O número de mortos confirmados na Síria chegou a 93 mil no final de Abril, mas as estatísticas verdadeiras da violência, que já está no seu terceiro ano, podem ser muito maiores, informou o escritório de direitos humanos da ONU, esta Quinta-feira (13).

Em média, mais de cinco mil pessoas foram mortas a cada mês desde Julho. As regiões de Damasco e Aleppo registaram os números mais altos da violência desde Novembro, informou o órgão no seu mais recente relatório sobre as mortes confirmadas.

“Esse número extremamente alto de mortos, mês após mês, reflecte a drástica deterioração do comportamento do conflito no último ano”, disse a Alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, em comunicado.

O número anterior de mortos divulgado pela ONU em Maio era de 80 mil no conflito, que começou como protestos pacíficos contra o presidente Bashar al-Assad em Março de 2011 e tornou-se uma rebelião alguns meses depois.

O número de mortos tem como base oito fontes, incluindo o governo sírio e o Observatório Sírio de Direitos Humanos, sediado na Grã-Bretanha. As mortes só foram contabilizadas quando o nome da vítima, o local e a data da morte eram conhecidos.

“Há também casos documentados de torturas e execuções de crianças e famílias inteiras, incluindo bebés – o que, juntamente com esse número devastador de mortos, é uma lembrança terrível de como esse conflito tornou-se cruel”, disse Pillay.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!