Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

OMM contribui na mitigação da violência doméstica

A Organização da Mulher Moçambicana no distrito de Moma está apostada em contribuir na mitigação do fenómeno da violência doméstica contra mulher e criança.

 

 

A sua acção concentra-se igualmente na prevenção e combate às doenças sexualmente transmissíveis, incluindo ao HIV-SIDA cuja incidência é, neste momento, alta.

O saneamento do meio, particularmente a construção de latrinas melhoradas e a eliminação de charcos que constituem principais focos de multiplicação de agentes vectores de doenças, como a malária e diarreias incluindo a cólera nas áreas habitacionais, é outra aposta da OMM naquele distrito costeiro onde a agremiação tem muita inserção no seio das comunidades.

Porque falar apenas não leva a nenhuma solução para os problemas supracitados, os membros daquela organização social filiada ao partido Frelimo resolveram deitar mão ao trabalho e é, deste modo, que estão a desenvolver uma campanha vasta de sensibilização à população sobre as implicações daqueles males no seio da sociedade.

A nossa reportagem deparou, em diferentes ocasiões e pontos do distrito, com brigadas daquela agremiação feminina a desenvolver acções de sensibilização e educação comunitária para a saúde, versando matérias ligadas a prevenção e combate as doenças bem o fenómeno da violência doméstica contra a mulher e criança. Na ocasião, Natércia Pilima, secretária da OMM em Moma, confirmou que tal acção teve o seu inicio em Outubro passado.

A nossa entrevistada referiu que os índices de desemprego que em Moma são altos comparativamente ao numero de habitantes estimados em 311 mil habitantes, e que as famílias vulneráveis são susceptíveis aos conflitos sociais, sendo a violência uma das formas.

Acrescentou que as vítimas da violência entre os conjugues são as crianças que se separam dos seus progenitores como forma de encontrar sossego.

Foi a partir desse ponto que a OMM concluiu que a sua intervenção no contexto da melhoria das condições da população tem sentido se velar as questões relacionadas com a prevenção das doenças e dos factores que geram conflitos nas famílias – disse Natércia Pilima.

Os índices de natalidade em Moma são dos mais altos ao nível da província, com incidência na camada juvenil, facto que preocupa a OMM, que está no terreno a desenvolver uma acção de sensibilização para a necessidade de aderência ao planeamento familiar através de métodos contraceptivos garantidos pelas entidades sanitárias locais.

De acordo com Natércia Pilima, no inicio do processo de sensibilização das comunidades relativamente ao impacto negativo da violência doméstica e em particular a violação sexual de menores, houve sinais de resistência no que concerne ao abandono de tais práticas. Contudo, o cenário mudou e, actualmente, registam-se denúncias de populares em relação ao referido fenómeno.

Acrescentou ser, ainda, muito cedo para avaliar o impacto das actividades desenvolvidas pela organização que dirige no que diz respeito à sensibilização para a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e o HIV-SIDA, pois a mudança de mentalidade em relação a matéria tem sido lenta.

Contudo, a OMM conta com o apoio dos serviços distritais da Saúde, Mulher e Acção Social em Moma no trabalho que vem desenvolvendo e, no caso concreto do planeamento familiar, os resultados preliminares referentes aos primeiros seis meses serão conhecidos próximo ano.

No entanto, alguns membros da OMM em Moma clamam pela sua integração em alguns sectores públicos e não só como forma de corresponder ao esforço feito no sentido de elevar os seus conhecimentos científicos através dos estudos no ensino secundário geral do segundo nível.

A OMM em Moma tem nas suas fileiras cerca de 32 mil membros inscritos e, de acordo com Natércia Pilima, com actualização que será feita no decurso do presente mês poderá crescer na medida que muitas mulheres se filiaram à organização como corolário de um trabalho de angariação de membros levado a cabo de forma constante naquele distrito.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!