Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ocorrem práticas criminosas na Autoridade Tributária

A Autoridade Tributária de Moçambique acaba de descobrir e denunciar a ocorrência de práticas criminosas no seu seio.

De acordo com fonte daquela instituição estatal, essas ilicitudes incluem casos de intromissão nas folhas de salários enviadas aos bancos comerciais de nomes-fantasmas ou inclusão pura e simples de indivíduos estranhos à mesma.

A operação é feita mediante a retirada nas folhas dos nomes e números das contas dos verdadeiros titulares das mesmas contas bancárias que são funcionários no activo da Autoridade Tributária de Moçambique (AT), segundo uma nota desta instituição em poder do Correio da manhã.

A mesma nota refere ainda que são constatados outros casos de contas bancárias destes funcionários-fantasmas abertas na véspera das datas convencionadas para o depósito dos salários dos funcionários, “o que pressupõe premeditação e articulação entre os diferentes actores do crime”, destaca a AT ainda na sua nota.

Medidas adequadas contra estas práticas estão, entretanto, em curso envolvendo entidades de direito competentes, “sem prejuízo de acções sinérgicas cautelares”, realça documento da AT contendo a exortação desta instituição aos funcionários, bancos comerciais e à população em geral sobre este novo fenómeno do crime organizado, em Moçambique.

Entretanto, não foi possível apurar mais pormenores sobre o número de funcionários-fantasmas já neutralizados e prejuízos monetários causados por estas práticas criminosas, apesar de diligências feitas pelo Cm junto do Gabinete de Comunicação e Imagem da Autoridade Tributária de Moçambique, ao longo desta terça-feira.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!