Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

O problema do amendoim

O problema do amendoim

Alergia

Não há falta de regras alimentares para as crianças. E muitos pais seguiram à risca as indicações para as alergias, mantendo alimentos que as desencadeiam, como ovos e amendoins, fora dos pratos dos filhos até dois ou três anos de idade. A academia Americana de Pediatria divulgou um relatório onde refere que, embora os bebés não devam comer sólidos até terem seis meses de idade, isso não diminui o risco de ter alergias. “Não interessa a que idade é que ficou exposto”, diz Todd Green, médico que fez o estudo.

Descobriu-se que as crianças a quem foi diagnosticada alergia ao amendoim nos últimos anos tiveram a sua primeira reacção com apenas 14 meses e o problema começou por volta dos 24 meses. Mas, uma vez que o tempo entre o estar em contacto com a amendoim e a primeira reacção adversa é o mesmo, não interessa quando comeram amendoim pela primeira vez, significa apenas que “se é alérgico, é alérgico”, diz Green.

O que pode fazer? Pergunte ao seu pediatra quando é que pode introduzir o amendoim na alimentação e como agir se o seu filho tiver uma reacção alérgica. O médico pode aconselhar a esperar algum tempo, menos de três anos não conseguirá descrever alguma reacção adversa, enquanto uma criança de quatro anos já o consegue fazer.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!