Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Novo primeiro-ministro líbio descarta possibilidade de intervenção internacional na Líbia

O novo primeiro-ministro líbio, Ahmed Mairigue, descartou, domingo, a intenção da comunidade internacional de intervir na Líbia, assegurando que uma intervenção na Líbia é inadmissível.

Em entrevista à cadeia de televisão “Libya Al-Ahrar”, Mairigue disse não pensar que, atualmente, a comunidade internacional tenha a intenção de intervir na Líbia, considerando que declarações que vão neste sentido servem mais a imprensa do que correspondem à realidade.

Acrescentou que “contactos serão estabelecidos com todas as partes no mundo e vamos sentar em redor duma mesa para no entendermos”.

Quanto à questão das fronteiras, o primeiro-ministro disse que ela precisa de um sistema de segurança integrado no seio do qual os habitantes do sul possam colaborar com outros órgãos de segurança do Estado. “A Líbia não controla totalmente o seu território”, reconheceu Mairigue, sublinhando por isso a necessidade da presença de guardas líbios nos mais recônditos pontos do território nacional a fim de que o cidadão se sinta sob a autoridade do Estado.

O delegado da Líbia nas Nações Unidas, Ibrahim Dabbachi, revelou, sexta-feira última, que não se pode descartar uma intervenção militar americana limitada no território líbio para perseguir assassinos do seu embaixador americano (morto em setembro de 2012 em Benghazi, no nordeste líbio).

Desmentiu qualquer intenção de invasão da Líbia, de a desestabilizar ou de aterrorizar os seus cidadãos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!