Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Nove milhões de moçambicanos defecam ao ar livre

Cerca de nove milhões dos aproximadamente 24 milhões de moçambicanos defecam ao ar livre devido ao pouco investimento canalizado pelo Governo para edificação de infra-estruturas de saneamento do meio.

Estes dados constam de resultados de uma pesquisa desenvolvida pela WaterAid, uma organização não governamental britânica activa no país. A mesma organização acrescenta que aproximadamente nove milhões de outras pessoas em Moçambique usam retretes rudimentares, contra apenas quatro milhões de habitantes com acesso a latrinas melhoradas à escala nacional.

Moçambique, como qualquer país membro da Organização das Nações Unidas (ONU), tem o dever “constante e contínuo de assegurar que todas as pessoas tenham acesso à água potável e infra-estruturas sanitárias, de forma equitativa e sem discriminação”, salienta o documento.

A organização apela, em seguida, ao Governo no sentido de alocar, pelo menos, 0.5% do seu Produto Interno Bruto (PIB) para a área de saneamento e higiene da população, bem como acelerar o cumprimento das metas estabelecidas nos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio até 2015.

Entretanto, para minimizar a situação de Moçambique, a WaterAid está empenhada na implementação local da Iniciativa de Saneamento e Água, desenhada pela ONU para garantir o acesso universal da população àqueles serviços básicos

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!