Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Níveis de produtividade do arroz estão a crescer no país

Os níveis de produtividade do arroz nas províncias de Gaza, Sul de Moçambique, e Zambézia, Centro, têm vindo a crescer nos últimos anos, atingindo, actualmente, três toneladas por hectare contra cerca de uma tonelada, em 2008.

O Ministro moçambicano da Agricultura, José Pacheco, disse que este crescimento resulta das medidas que estão a ser implementadas desde 2008, no contexto do Plano de Acção para a Produção de Alimentos, que estabelece uma meta de 559.106 toneladas de arroz na época agrícola 2010-2011.

“As províncias de Gaza e Zambézia já produzem três toneladas de arroz por hectare, devido às intervenções que têm sido feitas, no âmbito da extensão agrária, uma das importantes componentes do Plano de Acção para a Produção de Alimentos”, realçou o governante.

Referiu que, neste âmbito, já foram instalados, no país, cerca de 5.550 campos de demonstração de resultados, para mostrar aos produtores, pacotes tecnológicos na produção e processamento de arroz.

“Na presente campanha agrícola esperamos resultados bastante animadores, reflectindo um crescimento que tem vindo a ser consolidado de ano para ano, sobretudo desde o lançamento do Plano de Acção para a Produção de Alimentos, em 2008”, afirmou José Pacheco.

O referido plano define como acções prioritárias a participação da indústria moçambicana na produção de sementes, o envolvimento das associações de produtores na multiplicação local de sementes, para além do fortalecimento da rede de comercialização de sementes, entre outras iniciativas.

Em função da produção esperada na campanha agrícola 2010-2011, e tendo em conta as necessidades de consumo nacional, estimadas em 580.444 toneladas, Moçambique regista um défice neste cereal de cerca de 21.338 toneladas.

Segundo dados do Ministério da Agricultura, na campanha em análise, o investimento público nesta cultura foi de 2.051.234.793 meticais, representando um decréscimo relativamente à época agrícola em que foram investidos 2.178.653.359 meticais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!