Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nildo Essa prepara longa-metragem de animação

Depois do sucesso alcançado com os desenhos animados “Pestinhas e o Ladrão de Brinquedos”, o arquitecto e cineasta moçambicano Nildo Essa pretende, caso tenha o patrocínio necessário, produzir um filme de animação de longa-metragem. Estimado em cerca de 253.000,00 USD, o equivalente a mais de 7 milhões de meticais, segundo conta o autor, o trabalho será concretizado nos meados de 2016.

Trata-se da primeira longa-metragem de animação feita em Moçambique e, segundo narra o autor, visa demostrar a grão de qualidade que os moçambicanos têm quando se trata de cinema, em todas as vertentes.

A narrativa, protagonizada por Lilí, Minhoca e Zé Gordo, desenrola na província de Tete, durante a realização final da competição de corridas de viaturas (Off-road), patrocinada por uma empresa multinacional. Entretanto, antes das concorrências, a tripla aproveita o tempo para visitar a fazenda da Vovó Lilí.

Quando chegam à sua casa apercebem-se de que ela encontrava-se doente, vítima de envenenamento protagonizado por um individuo ambicioso que foi prometido uma alta posição na empresa onde trabalhava. Na verdade, o sujeito queria as terras da idosa a todo o custo uma vez que eram extremamente valiosas.

Contudo, após várias tentativas de encontrar uma cura para a velha, descobriram que só uma planta podia salvá-la. Começa deste modo a maior aventura das suas vidas que os leva à barragem de Cahora-Bassa.

Segundo conta Nildo Essa o trabalho traz histórias educativas e divertidas dos pequenos heróis valentes. O filme será falado em inglês.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!