Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

12 soldados nigerianos condenados à morte por rebelião

Doze soldados nigerianos foram condenados à morte, terça-feira (16), por rebelião por um tribunal militar em Abuja, a capital que pronunciou igualmente uma pena de um mês de trabalhos forçados contra um outro soldado, enquanto cinco outros foram libertos.

Os doze soldados condenados à morte dispararam a 14 de Maio último contra o veículo de um brigadeiro, Ahmed Mohammed, comandante da sétima Divisão do Exército em Maiduguri, capital do Estado de Borno (norte), atribuindo-lhe a morte dos seus camaradas detidos pelo grupo terrorista Boko Haram.

Foram acusados de rebelião e condenados a ser apresentados diante dum pelotão de execução. Trata-se nomeadamente dos sargentos Jasper Braidolor e David Musa, dos praças Friday Onun, Yusuf Shuaibu, Igomu Emmanuel e Stephen Clement, Andrew Ngbede, Nurudeen Ahmed, Ifeanyi Alukhagbe, Alao Samuel, Amadi Chukwudi e Allan Linus. Os cinco soldados libertos são os cabos David Luhbut , Muhammed Sani, Iseh Ubong, Sabastine Gwaba e Inama Samuel.

O cabo Ichocho Jeremiah foi condenado a 28 dias de trabalhos forçados por se ter ausentado sem autorização. Segundo o presidente do tribunal, brigadeiro C.C.Okonkwo, estas penas «deverão ser confirmadas».

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!