Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Niassa: apreendidas mais de 170 toneladas de suruma de janeiro a setembro deste ano

As autoridades policiais em Niassa, em coordenação com o Gabinete de Prevenção e Combate à Droga (GPCD), apreenderam de Janeiro a Setembro do corrente ano 171.950 quilos de “cannabis sativa”, droga vulgarmente conhecida por soruma, segundo consta do relatório de actividades realizadas pelo GPCD, apresentado sexta-feira em Lichinga.

Segundo o jornal Diário de Moçambique, esta quantidade de droga, que ainda aguarda incineração, foi apreendida nos distritos de Mecanhelas, Sanga, Muembe, Lichinga, Metarica, Mavago, Ngaúma, Marrupa, Cuamba, Lago, Mandimba e na própria capital provincial. Em conexão com os casos de tráfico e consumo ilícito de drogas, foram instaurados 17 processos-crime e 29 indivíduos foram indiciados, sendo 25 moçambicanos, três tanzanianos e um malawiano.

“Dez destes indivíduos foram julgados e condenados a penas que variam de três a seis meses de prisão e os restantes estão detidos a aguardarem julgamento. Quatro dos 29 indivíduos foram transferidos para a cadeia regional de Nampula”, refere o documento. O mesmo acrescenta que, dos indiciados, quatro são jovens e os restantes adultos, todos do sexo masculino.

No período em referência, as autoridades sanitárias no Niassa atenderam 19 indivíduos toxicodependentes, sendo 13 por consumo de álcool e seis por consumo de soruma e tabaco. Um dado curioso: todos estes são professores, sendo que quatro foram desintoxicados voluntariamente e os restantes compulsivamente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!