Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

NBA: Rose empurra Bulls para a vitória

NBA: Rose empurra Bulls para a vitória

Na cidade em que brilhou enquanto jogador universitário (foi estudante e atleta na universidade de Memphis), Derrick Rose rubricou segunda-feira uma das melhores exibições desde que chegou à NBA, guiando os Bulls até uma saborosa vitória perante os Grizzlies (96-84).

 

 

Mesmo sem poder contar com Noah e Boozer (o primeiro continua a recuperar de uma lesão na mão direita e o segundo está a contas com um problema no tornozelo esquerdo), a formação de Chicago nunca sentiu muitos problemas para dominar o encontro. Endiabrado, Rose fez de tudo um pouco para desbaratar o adversário e, no final, para além da vitória da equipa, pode comemorar o seu primeiro “triplo”-duplo” na liga (22 pontos, 12 assistências e 10 ressaltos).

“Sabíamos que estávamos limitados ao nível do jogo interior, pelo que só trabalhando muito e com enorme sentido coletivo seria possível ganhar. Defendemos de forma impressionante”, comentou o base que, para a maioria dos analistas, é um dos candidatos à conquista do título de melhor jogador da temporada. “Não ligo muito às minhas estatísticas. Desde que ajude a equipa a vencer… já fico contente”, acrescentou Rose.

Na formação do Illinois, Luol Deng (28 pontos e excelente trabalho defensivo sobre Rudy Gay, autor de escassos 9 pontos com 10-1 em “tiros” de campo) e Kyle Korver (22 pontos, com 10-6 em triplos) também estiveram em destaque no ataque, enquanto Taj Gibson foi importante a defender (6 desarmes de lançamento). A título de curiosidade acrescente-se que os Bulls não venciam em Memphis desde 15 de dezembro de 2004 e que nenhum atleta da equipa registava um “triplo-duplo” desde 14 de dezembro de 2007, altura em que o também base Kirk Hinrich (agora nos Washington Wizards) protagonizou a sempre complicada tarefa.

Grande exibição de Blake Griffin embala Clippers

O rookie Blake Griffin, dos LA Clippers, prosseguiu a sua sensacional campanha, com o magnifíco registo de 47 pontos na vitória da sua equipa diante dos Indiana Pacers, em partida disputada esta segunda-feira em Los Angeles. Além dos 47 pontos, Griffin fez ainda 14 ressaltos, totalizando já 27 jogos com pelo menos 10 pontos e 10 ressaltos, fazendo desde já a quarta melhor série das últimas 25 temporadas.

“Queria apenas jogar e fazer as coisas bem e felizmente consegui. Conseguimos ganhar os chamados jogos grandes, mas também temos de ganhar estas partidas”, referiu Griffin após o encontro. Num encontro em que Griffin ficou com todo o protagonismo, Danny Granger, dos Pacers, também esteve em destaque ao apontar 32 pontos, não evitando porém a derrota da sua equipa em LA.

Confira os resultados da jornada desta segunda-feira:

New York-Phoenix Suns, 121-129

Washington-Utah, 108-101

Memphis-Chicago, 84-96

Philadelphia-Charlotte, 96-92

New Orleans-Toronto, 85-81

Houston-Milwaukee, 93-84

LA Clippers-Indiana, 114-107

Detroit-Dallas, 103-89

Atlanta-Sacramento, 100-98

Golden State-New Jersey, 109-100

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!