Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

NBA final: Em noite de Allen e Rondo, Celtics vencem Lakers e empatam série

NBA final: Em noite de Allen e Rondo

O equilíbrio que não houve no primeiro jogo sobrou na segunda partida da final da NBA, entre Los Angeles Lakers e Boston Celtics. Kobe Bryant, no entanto, não brilhou como na última quinta. Viu, do outro lado, Ray Allen ser o grande nome da noite, com 32 pontos, 24 deles em cestos de três – um recorde em playoffs, e Rajon Rondo ser fundamental no ataque e na defesa, com um triplo-duplo (19 pontos, 12 reosssalt e 10 assistências). 

Contra um rival mais equilibrado na quadra, principalmente no último quarto, Pau Gasol e Andrew Bynum, destaques dos Lakers, não foram suficientes para dar a segunda vitória ao seu clube. Assim, os Celtics venceram por 103 e 94 e empataram a série em 1 a 1 

Sem ter brilhado, Kobe não fez uma partida má, com 21 pontos, cinco ressaltos e seis assistências. Gasol fez 25 pontos, enquanto Bynum, que lida com séria lesão no joelho, também fez 21. Além de Allen e Rondo, Rasheed Wallace, com sete ressaltos e sete pontos teve atuação fundamental para a vitória dos Celtics. Agora, as duas equipes voltam a enfrentar-se na próxima terça-feira (madrugada de quarta em Maputo). Os Celtics têm a chance de assumir a liderança da série em casa. Além disso, Boston também será a sede dos jogos 4 (quinta) e 5 (domingo). C

Como prometeram durante os dias que antecederam o segundo jogo da final, os jogadores dos Celtics entraram na quadra com uma objetividade técnica e tática invejável. Enquanto os Lakers mostravam força e tinham em Andrew Bynum seu jogador mais eficiente no ataque, com seis dos 11 primeiros pontos da equipa, e na defesa, com ótima marcação e belos tocos, o time de Boston tinha uma ótima atuação coletiva.

O primeiro quarto manteve-se equilibrado até o placar marcar 17 a 17, a quatro minutos do fim. A partir daí, os Celtics começaram a dominar o jogo e abriram vantagem. Antes do intervalo, já venciam por 29 a 22.

No segundo quarto, os Celtics mantiveram-se à frente. Rajon Rondo levava à loucura os defensores dos Lakers, enquanto Ray Allen rapidamente transformava-se no melhor marcador da partida. Com sete cestos de três nas sete primeiras tentativas do astro, a equipa de Boston finalmente acertava a mão nos arremessos, o que não aconteceu no primeiro jogo.

Do outro lado, Kobe Bryant esforçava-se, mas não conseguia ser tão eficiente, na marcação ou no ataque, como havia sido na primeira partida da final. Até a metade do segundo quarto, os Lakers haviam marcado apenas oito pontos. No fim, porém, depois de grande jogada de Pau Gasol, com um afundanço e ponto extra, e cesta de três de Bryant, o placar marcava 54 a 48 para os Celtics.

Os Lakers começaram o segundo tempo em cima, dispostos a tirarem a vantagem dos rivais. E precisaram exatamente de 1m58s para isso. Depois de encostarem no placar, um cesto de Pau Gasol deu a vantagem de um ponto para o clube de Los Angeles.

Pelos Celtics, Kevin Garnett, que foi criticado por Pau Gasol durante a semana por sua lentidão, dava razão às críticas e fazia partida abaixo da média. O jogo, no entanto, continuava equilibrado, e as duas equipes se alternavam na dianteira do placar. Tanto que o terceiro quarto terminou empatado: 72 a 72.

O último quarto começou movimentado, com as duas equipes em busca da vitória. A equipa de Boston, no entanto, foi mais eficiente e teve mais tranquilidade. Apesar da boa partida, Gasol perdeu a calma no quarto final, errou bolas fáceis e fez faltas desnecessárias. Enquanto isso, Rondo, com roubadas sensacionais, Allen e companhia construíram vantagem de sete pontos a um minuto do fim.

Os Lakers bem se esforçaram, mas não conseguiram. No fim, vitória dos Celtics, empatando a série final em 1 a 1.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!