Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Navio norte-coreano com petróleo ilegal deixa águas territoriais líbias

Um navio-cisterna norte-coreano que carregou ilegalmente petróleo bruto no porto de al-Sedra controlado por um grupo armado autonomista no leste da Líbia conseguiu entrar nas águas internacionais, anunciou uma fonte próxima do Congresso Nacional Geral (CNG) líbio.

O petroleiro «Glory Morning» conseguiu deixar o porto depois de ameaçar as fragatas da Marinha líbia que o cercavam, precisou Abdelkader al-Houeily, membro da Comissão do Congresso para a Energia, citado pela cadeia al-Nabaa TV.

«Fruto das más condições marítimas, o petroleiro escapou às fragatas da Marinha líbia não habilitada a navegar durante tempestades», afirmou. Segunda-feira à noite, informações contraditórias circulavam sobre a situação do petroleiro norte-coreano que o Governo líbio afirmava controlar, enquanto o grupo armado autonomista defendia que o barco estava no porto.

O petroleiro de pavilhão norte-coreano atracou sábado último no porto petroleiro de al-Sedra, levando as autoridades a enviar várias fragatas da Marinha líbia. O então primeiro-ministro líbio, Ali Zeidan, que qualificou a operação de «venda ilegal» de petróleo, de «violação da soberania do país e do direito internacional», declarou que o Exército não hesitará em utilizar a forçar para se opor a isso.

Guardas estão a bloquear desde julho último os terminais petrolíferos do leste do país para protestar contra a venda do petróleo sem unidades de medida e a autonomia da Cirenaíca, no leste do país.

O presidente do Congresso Nacional Geral, Nouri Abousahmein, decidiu segunda-feira a formação duma força militar encarregue de levantar o bloqueio dos principais terminais petrolíferos no leste da Líbia imposto desde julho último por grupos armados partidários do sistema federal.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!