Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

VII Festival Nacional de Cultura em contagem decrescente em Nampula

Na capital norte de Moçambique, Nampula, decorrem os últimos acertos de pormenores para o VII Festival Nacional Cultura, que vai acontecer entre os dias 11 e 15 de Julho do corrente ano. Paralelamente acontece a construção de palcos e reabilitação dos recintos localizados nos bairros de Muatala, Namicopo e a zona do cimento onde serão realizadas as as competições artísticas.

Em contacto com nossa reportagem o Director do Gabinete Central do VII Festival Nacional da Cultura, Izidine Faquirá, afirmou ainda, que a questão de alojamento dos artistas e o pessoal de apoio das delegações provinciais está a ser tratada com muito cuidado de forma a tentar criar a necessária capacidade de servir mais de 16 mil pessoas que vão se fazer presente nesta parcela do país numa só vez.

Em relação aos serviços de alimentação a fonte garantiu que foram já contratadas empresas servidoras nacionais para a confecção de alimentos para as delegações. Sem revelar os nomes aquele responsável disse que são no total três empresas de culinária que irão servir as refeições de forma intercalar, iniciando com o matabicho, almoço e lanche nos locais de realização dos eventos, para além de se exigir que cada delegação possa trazer um nutricionista e cozinheiro para assessorar na preparação dos alimentos com a necessária qualidade no sentido de não prejudicar a saúde dos artistas.

“Existem pessoas que não consomem certos alimentos por motivos pessoais e os nutricionistas devem colaborar na selecção e elaboração das receitas diárias para evitar casos de alguém que possa queixar-se” – concluiu Faquirá.

Num outro desenvolvimento a fonte enalteceu o papel dos órgãos de comunicação social na divulgação do evento, facto que poderá ajudar na mobilização das pessoas de modo a fazerem-se presente nos locais de realização das exibições artísticas. Faquirá fez essa observação numa altura em que algumas delegações terminam a sua fase provincial com o apuramento dos seus representantes em várias actividades culturais. Entretanto, acreditou que cada província já fez a selecção dos artistas com o reconhecido potencial na área da cultura. E mostrou-se optimista ao afirmar que os grupos culturais de todas delegações participantes vão transformar a cidade de Nampula numa verdadeira capital da cultura moçambicana.

“E a única novidade que pretendemos trazer nesta edição do Festival Nacional de Cultura é garantir a qualidade das exibições por parte dos grupos culturais” – acrescentou a fonte. De referir que a realização do VII Festival Nacional de Cultura será coordenada por algumas direcções do governo provincial, designadamente, a direcção provincial da indústria e comércio, agricultura, para além da Unilúrio, instituição de ensino superior que vai disponibilizar os seus técnicos de saúde para avaliar a questão de conservação dos alimentos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!