Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Na Zambézia: Motociclistas disponíveis a contribuir para a Segurança Social

Os motociclistas que exercem actividades por conta própria na cidade de Quelimane, província da Zambézia, mostraram-se disponíveis a se inscrever e a descontar para o Sistema de Segurança Social.

A garantia foi dada por um grupo daqueles Trabalhadores por Conta Própria (TCP), durante uma palestra realizada pela Delegação Provincial do INSS da Zambézia, segunda-feira, na cidade de Quelimane.

No encontro, aqueles transportadores, vulgarmente conhecidos por txopelas, solicitaram ao INSS a melhorar os mecanismos de colecta de contribuições através da introdução de plataformas digitais, cuja utilização facilitaria o pagamento das suas contribuições sem abandonarem os seus pontos de trabalho.

Ainda no âmbito do trabalho de sensibilização para inscrição dos TCP no Sistema, uma brigada da delegação provincial do INSS realizou, terça-feira, um encontro com os trabalhadores portuários eventuais.

A ocasião serviu para solicitar àquele grupo de trabalhadores no sentido de se inscrever na Segurança Social, com vista a garantir a sua protecção social e dos seus dependentes.

A Delegação Provincial do INSS da Zambézia prevê realizar, nos próximos dias, encontros similares com várias associações profissionais de forma a enquadrar mais TCP no Sistema de Segurança Social.

Até ao primeiro semestre de 2017, estavam inscritos no Sistema de Segurança Social ao nível da província da Zambézia, 1014 TCP.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!