Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher morre electrocutada e o corpo atirado nas imediações da sua residência em Nampula

Uma mulher que aparenta ter mais de 40 anos de idade, cuja identidade não nos foi revelada, perdeu a vida electrocutada, no último fim-de-semana, no bairro de Triângulo, na vila-sede de Namialo, na província de Nampula.

Segundo testemunhas, a vítima esteve consumir bebidas alcoólicas numa barraca, onde pediu para recarregar o seu telemóvel, tendo a tomada usada causado um curto-circuito. Instantes depois do sucedido, o proprietário da barraca, em coordenação com alguns indivíduos que se encontravam no local, escondeu o corpo num dos compartimentos do seu estabelecimento.

À noite, o corpo da malograda foi transportado numa viaturas do dono da aludida barraca e atirado nas imediações da residência da vítima. De acordo com as nossas fontes, o proprietário da barraca teria colocado lixo no órgão genital da finada com o intuito de ludibriar os investigadores do caso e levá-los a pensar que se tratou de uma agressão sexual.

Aliás, indica-se igualmente que a malograda estava na companhia de um suposto amante, que é apontado como parente do proprietário da barraca.

A Polícia de Investigação Criminal dirigiu-se ao local, mas segundo denúncias populares, protegeu os envolvidos no caso em troca de uma gorjeta.

“Quando remetemos a queixa disseram-nos que tínhamos de desembolsar 30 mil meticais para levar o corpo à Nampula, onde devia ser feita a autópsia. Mas por falta e condições foi sepultado e os culpados ficaram impunes”, disse um dos familiares.

Inácio Dina, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula, confrontado pela nossa Reportagem com este episódio, disse que a corporação não tem conhecimento mas vai investigar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!