Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher moçambicana deve acreditar no seu potencial

O porta-voz do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), o terceiro maior partido político no país, José Sousa disse na quarta-feira, em Maputo, que as mulheres moçambicanas devem acreditar nas suas capacidades de forma a conquistar um lugar de destaque na sociedade, que bem merecem.

Sousa falava na Praça dos Heróis Moçambicanos, durante as cerimónias alusivas a passagem do 7 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana, que se assinalou na quarta-feira em todo o país.

A semelhança das ocasiões anteriores, a Renamo, o maior partido da oposição em Moçambique não participou nas cerimónias. Segundo afirmou, a mulher moçambicana nunca deve se deixar levar pelo machismo, devendo esta “tomar consciência de que ela é pilar para a consolidação da sociedade”.

Na ocasião, várias mulheres destacaram a emancipação, participação política e a criação do gabinete de atendimento à mulher como uma das maiores conquistas ao longo dos 35 anos de independência, embora ainda sejam, em alguns casos, vítimas da descriminação e da violência doméstica. Refira-se que foi a 7 de Abril de 1971 que morreu Josina Machel vítima de doença.

Ela foi uma das jovens que há cerca de 40 anos se juntou a Frente de Libertação de Moçambique e dedicou a sua juventude na luta pela independência do país. Com a independência de Moçambique (1975), esta data ficou consagrada como o Dia da Mulher Moçambicana.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!