Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher detida por tentativa de homicídio na capital de Moçambique

Mulher detida por tentativa de homicídio na capital de Moçambique

Foto de Cidadão RepórterUma mulher de 35 anos de idade, vendedeira de bebidas alcoólicas, encontra-se privada de liberdade, desde a manhã desta quinta-feira (09), na cidade de Maputo, incriminada de atentar contra a vida de um cliente após uma desavença em torno de um telemóvel e dinheiro supostamente desaparecidos enquanto a vítima dormia, sob o efeito de álcool.

O homicídio deu-se defronte do “Bar dos Amigos”, no bairro de Magoanine CMC, por volta das 05h00. Testemunhas contaram ao @Verdade que a ofensora e a vítima conhecem-se há bastante tempo. Eles nunca antes viveram uma situação que deixasse transparecer que algum dia podiam acabar desta forma.

A briga começou quando, depois de algumas horas de sono para atenuar o efeito do álcool, o cidadão deu falta de 7.000 meticais e um telemóvel, tendo acusado a vendedeira de ser responsável pelo suposto sumiço dos mesmos.

Enraivecida devido à tal acusação, a senhora – mãe de três filhos (de nove, 13 e 15 anos) cuja sobrevivência depende do seu negócio – agrediu fisicamente o jovem e desferiu-lhe vários e duros golpes no pescoço e ombro, com recurso a uma garrafa partida.

O jovem que aparenta ter mais de 30 anos, ficou estatelado e quase sem os sinais vitais. Até ao fecho desta edição ele continuava sob cuidados no Hospital Geral de Mavalane, onde os terapeutas asseguraram que ele está fora de perigo.

A cidadã, detida na 10a esquadra, não mostrou arrependimento e alegou que estava a ser perseguida pelo jovem, mas não esclareceu porque motivo.

No local dos factos, o horário determinado (21h00) pela postura municipal para o funcionamento das barracas, sobretudo as que comercializam o álcool, é reiteradamente violado. Em plena luz do dia acontece de tudo um pouco, mas ao cair da noite vende-se igualmente diversos estupefacientes e ocorrem cenas de prostituição.

Ainda de acordo com os nossos entrevistados, aos fins-de-semana, o lugar concentra gente proveniente de diferentes pontos da urbe e do distrito de Marracuene.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!