Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher detida por suspeita de tráfico de moçambicanos para África do Sul

Uma mulher encontra-se privada de liberdade, desde o passado domingo (03), na oitava esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), na província de Maputo, acusada de tráfico de pessoas para a África do Sul.

Trata-se de F. Filipe, de 39 anos de idade, residente no posto administrativo da Matola-Rio. O esquema era orquestrado em conluio com o seu cunhado, que trabalha e vive na chamada “terra do rand”.

Ela está detida em Beluluane, alegadamente por ter seduzido 15 jovens do sexo masculino, com idades que variam de 28 a 36 anos, e enviá-los para aquele país vizinho, onde supostamente iriam trabalhar numa empresa de construção civil, como canalizadores e pedreiros.

Chegados ao destino, de acordo com Fernando Manhiça, porta-voz da PRM, na província de Maputo, as vítimas foram abandonadas à sua própria sorte, sem afectação na aludida companhia.

A Polícia assegurou que os jovens recrutados eram hospedados na habitação da indiciada, enquanto esperavam seguir viagem mediante as ordens suposto cunhado.

Neste momento, está em curso um trabalho que visa repatriar as 15 vítimas que ainda se encontram naquele país.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!