Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Muita procura de bilhetes para jogo dos Mambas

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) iniciou na quarta-feira a venda de bilhetes para o derradeiro e decisivo jogo frente a Tunísia, sábado, em Maputo, pontuável para o Grupo ‘B’ de qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN) e Mundial de 2010 em Angola e África do Sul respectivamente.

A FMF colocou a disposição dos amantes da modalidade um total de 35 mil bilhetes, dos quais 10 mil ao preço de 200 meticais para a bancada central sombra, enquanto para a bancada sol tem disponível um total de 25 mil bilhetes que serão comercializados ao preço unitário de 100 meticais.

Na manhã de quarta-feira já era notório o ambiente azafamado que tem caracterizado os dias que antecedem as grandes partidas dos Mambas, isto é, longas filas de pessoas interessadas em adquirir um bilhete nos tradicionais locais de venda para reservar um lugar no Estádio da Machava, “catedral da modalidade”, e muitos ambulantes a vender camisetas, bonés e objectos diversificados com as cores da nação.

Enquanto isso, os atletas da selecção moçambicana que estão praticamente em Maputo realizaram na quarta-feira a sessão de treino a porta fechada, para não desconcentrar os níveis de atenção que se pretende do colectivo no encontro de sábado frente as “Águas de Cartago”.

O seleccionador moçambicano, o holandês Mart Nooij, está ciente do elevado nível de responsabilidade que esta partida coloca não apenas em si, mas também aos onze craques que no piso sintético da Machava terão a espinhosa missão de impedir a Tunísia de arrancar os preciosos três pontos. Refira-se que a partida dos Mambas será apitada por um colectivo ido da Costa do Marfim Noumandiez Doue, Songuifolo Yeo, Moussa Bayare e Denis Dembele, acompanhados por Massava e Machel.

O inspector dos árbitros vem da África do Sul, Ian Mc Leod, e o Comissário do Jogo das Ilhas Reunião, Ismael Locate – que terá como acompanhante – Cláudio Banze

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!