Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mugabe ameaça expulsar diplomatas estrangeiros defensores dos gays

O presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, em discurso para comemorar os 34 anos de independência do país, ameaçou nesta sexta-feira expulsar do país os diplomatas estrangeiros que defendem os direitos dos homossexuais.

Num discurso realizado durante um ato no Estádio Nacional dos Desportos, em Harare, Mugabe afirmou que o Zimbabwe não lutou para se tornar independente do Reino Unido para se transformar em um “território homossexual”.

“Não, nunca teremos isso aqui”, sentenciou o líder, de 90 anos, conhecido por sua feroz homofobia.

“Se há diplomatas que falam do homossexualismo, digam-me e os tiraremos do país sem nenhuma desculpa. Nem sequer o escutaremos”, advertiu o chefe de Estado numa parte do discurso dedicado à Europa, acusada por Mugabe de não ter “princípios”.

“Eles (os europeus) inclusive negam que é um erro se um homem pratica sexo com outro homem”, acrescentou Mugabe, que estava ao lado de sua esposa, Grace.

A União Europeia (UE) mantém sanções contra o presidente e sua esposa em função de supostos abusos contra os direitos humanos e irregularidades eleitorais no Zimbabwe. Não é a primeira vez que Mugabe ataca os homossexuais, a quem chegou a qualificar como “piores que porcos e cachorros”.

Atualmente, mais de trinta países punem o homossexualismo na África.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!