Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Movimento Democrático de Moçambique quer também instalar células nas instituições públicas

Luís Boavida, secretário-geral do MDM não esconde a intenção do seu partido, de criar células no seio das instituições públicas no país, tal como faz o partido no poder.

Boavida diz que fará isso porque há membros do seu partido que gostariam de manifestar as suas alegrias dentro das instituições do Estado.

A fonte falava, esta Quinta-feira, no programa “A voz do povo” da Rádio Paz, um programa criado para que os cidadãos possam opinar em volta das eleições intercalares marcadas para 7 de Dezembro próximo nas cidades de Quelimane, Cuamba e Pemba.

Conforme explicou o Secretário Geral do Movimento Democrático de Moçambique, aquele partido não tem dúvida que as entidades legais deste país virão com argumentos, mas antes desta possível intervenção delas, há que olhar também para aquilo que o partido no poder também faz.

“Ouvimos recentemente o portavoz da Frelimo dizendo que as células no aparelho do Estado vão continuar, dai que nós também vamos criar” – disse Luís Boavida.

Num outro passo, Boavida disse não ser normal esta prática, mas já que o partido no poder assim o faz, então há que seguir a moda e se pegar melhor ainda.

Mais adiante, a fonte disse que a Procuradoria e outros poderes têm vindo a assistir esta prática que a Frelimo tem vindo a enveredar, dai que outros partidos, neste caso particular do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), também vai seguir esta forma de ser e de estar que o partido no poder tem feito.

Recorde-se que o assunto sobre as células partidárias nas instituições públicas tem vindo a ser matéria de debate neste país, onde o partido Frelimo não se cansa em dizer que as mesmas vão continuar.

Daviz Simango chega a Quelimane

Fontes próximas do Diário da Zambézia informaram que o líder do MDM, Daviz Simango, estará em Quelimane, este final de semana.

As mesmas fontes não avançaram a agenda que leva Simango a Quelimane, mas supõe-se que a viagem do líder do MDM a Quelimane poderá estar em volta do processo eleitoral, ou por outra, ver no terreno como é que as “coisas” vão ao nível do seu partido.

Recorde-se que em menos de seis meses, Daviz Simango já visitou mais de três vezes a cidade de Quelimane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!