Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mortalidade materno-infantil junta Primeiras damas africanas em Bamako

A mortalidade materno-infatil será tónica dominante de um encontro que vai juntar, na cidade de Bamako, capital malianana, as primeiras-damas africanas para reflectir sobre os progressos alcançados pelos países desde a discussão do tema a nível da União Africana (UA), em 2010, e a posterior adopção de uma estratégia para reduzir o problema.

Maria da Luz Guebuza, que vai representar o país no encontro de três dias, disse aos jornalistas que integram a delegação moçambicana que a reunião de Revisão da Visão 2010 tem por objectivo avaliar os progressos concretizados pelos países na luta contra a mortalidade materno-infantil desde a adopção da estratégia para o efeito.

‘Nesta reunião, cada país vai fazer a análise dos progressos alcanços e, assim, podendo fazer a revisão daquilo que for necessário ser revisto’, sublinhou Maria da Luz.

Aliás, este tema de muito revelo para a realidade africana, onde a taxa de cobertura da rede sanitária é ainda muito abaixo do ideal, foi proposto por Moçambique para a discussão na cimeira de 2010 e desde então os países trabalham sem mãos a medir na redução do fenómeno que ainda faz muitas vítimas no continente.

A Esposa do Presidente da República disse, por um lado, que Moçambique leva para o encontro uma experiência encorajadora sustentada pelo trabalho árduo que o país está a desenvolver para reduzir os actuais índices e, por outro lado, a adopção de um modelo inovador traduzido na construção de “casas mãe-espera” sobretudo nas zonas rurais.

A experiência, segundo a primeiradama, tem contribuído significativamente na redução da mortalidade materno-infatil no país e subsequente aumento dos partos institucionais que são mais seguros. O encontro vai culminar com o lançamento de uma campanha denominada “Todos por Um”, a ser dirigida pela primeira-dama do país anfitrião, Toure Lobbo Traore.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!