Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moradores do bairro de Murrapaniua em Nampula queixam-se da fraca qualidade de energia eléctrica

Os moradores do bairro de Murrapaniua, na Unidade Comunal 6º Congresso, arredores da cidade de Nampula, estão agastados com a empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM) devido à fraca qualidade da corrente eléctrica que é fornecida àquela zona residencial. O problema agravou-se na última Sexta-feira (28) quando um poste que transporta a energia ardeu e deixou o bairro inteiro às escuras por três dias.

Na circunstância, os moradores dirigiram-se ao departamento dos serviços de piquete para reportar a ocorrência, mas os funcionários dalí só se fizeram ao local na tarde do último Domingo (31).

Alguns clientes da EDM afectados pelo problema, que falaram à Reportagem do @Verdade, disseram que tem havido cortes constantes no fornecimento da energia eléctrica, facto que dita a fraca qualidade principalmente no período da noite.

Alfredo José, do bairro de Murrapaniua, disse que a EDM não tem dado resposta satisfatória às queixas dos munícipes em relação ao problema da oscilação da corrente eléctrica. Diversos electrodomésticos já foram danificado e a empresa não se responsabilizou.

“Todas as noites temos reservado velas porque a energia que a EDM nos fornece não tem sido das melhores. As lâmpadas acendem mas não iluminam nada e os televisores não funcionam. Os nossos congeladores funcionam apenas durante o dia, nas noites temos de desligar devido à fraca qualidade da corrente eléctrica”, disse José.

Joana Salimo mora também na Unidade Comunal 6º Congresso. Disse que a questão da energia é bastante antiga e já é do conhecimento da empresa, sempre foi ignorada.  A fonte contou que pessoalmente foi teria contactado os gestores da EDM para se interar do plano de melhoria da qualidade de energia fornecida àquela zona, mas nunca teve uma resposta satisfatória.

“Aqui não é novidade ficar dois ou três dias seguidos sem energia, mesmo que reporte os trabalhadores da EDM não reparam imediatamente”, afirmou Joana.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!