Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão detido por amputar seu dedo para vender

Um cidadão nacional, que responde pelo nome de Saíde Rajabo, de 52 anos de idade, foi detido na passada quarta-feira (27), na cidade de Pemba, província nortenha de Cabo Delgado, indiciado de amputar o seu próprio dedo com o intuito de vendê-lo a um sul-africano ao preço de 20 mil meticais para fins até aqui não apurados.

O porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Pedro Cossa, disse, esta Segunda-feira (02), em Maputo, que o facto foi despoletado pela corporação de Cabo Delgado graças a denúncias de populares.

Pedro Cossa sustenta que depois consumar o acto, Saíde Rajabo foi ao encontro do alegado comprador sul-africano identificado apenas pelo nome de André, o qual recusou comprar o dedo porque não tinha qualquer interesse para aquisição do mesmo.

Segundo Cossa, em conexão com o caso, foi detido Andremane, amigo do suposto vendedor, acusado de cumplicidade. O alegado comprador é proprietário de uma estância turística no distrito de Pemba-Metuge.

Refira-se que na semana de 23 a 29 de Março último, foram registados em todo o país 137 crimes, contra 191 do ano passado, dos quais 94 incidiram contra propriedade, 37 contra pessoas e seis contra ordem, segurança e tranquilidade públicas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!