Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Vilankulo volta às vitorias; Maxaquene empata em casa

Moçambola: Vilankulo volta às vitorias; Maxaquene empata em casa

Em futebol quem não marca sofre. É tudo que se pode dizer do Maxaquene na tarde deste sábado que consentiu um empate diante do Incomáti de Xinavane sem abertura de contagem no seu terreno na Machava, perdendo (de bandeja) dois importantíssimos pontos na luta pela liderança da prova. O representante de Inhambane voltou a vitórias e goleou o Ferroviário de Nampula.

Pelas previsões, pelo potencial e pelo trabalho que as duas equipas vêem demostrando neste início de época, a vitória tricolor era dada como certa. Aliás, foi essa impressão com que ficou-se no decorrer dos 90 minutos da partida. O Maxaquene teve tudo para ganhar, só faltou-lhe pontaria nos pés de seus jogadores e de si, somente de si, pode reclamar.

Foi o Maxaquene que no quadragésimo segundo de jogo obrigou a Milagre a aplicar-se em dois tempos e evitar o golo.

Foi Liberty do Maxaquene que à entrada da grande área atrasou o esférico a Hélder Pelembe para este, por sua vez, desferir um portentoso remate defendido milagrosamente por Milagre e na recarga, Betinho com a baliza totalmente escancarada, levar a bola ao céu.

Foi este o Maxaquene que não permitiu a Scaba fazer devidamente um remate na única jogada de perigo do Incomáti na primeira parte à passagem do minuto oito. Foi o 10 de Maxaquene que vezes sem conta galgou terrenos construindo jogadas de perigo insistentemente demolidas pelos centrais e pelo milagre que auxiliou a baliza dos açucareiros.

Ou seja, nem Liberty nem Tony muito menos Salvado tiveram pontaria suficiente e fórmula mágica para fechar a primeira parte com vantagem no marcador.

O segundo período começou com Mfiki a entrar para o lugar de Betinho como se a solução para o desacerto da sua equipa viesse do seu pé. Contudo em nada valeu. Pelo contrário, foi o Incomáti que rapidamente esgotou as substituições com vista a segurar o empate.

O Maxaquene continuou com a pressão encostando o adversário que viu-se reduzido ao seu próprio campo e mais tarde, já nos derradeiros minutos reduzido à sua grande área em manifesta protecção a Milagre, o homem do jogo, a melhor unidade em campo. Com o resultado, o Maxaquene mantêm provisoriamente a quarta posição da competição  com 13 pontos.

O Incomáti, visivelmente feliz com o empate (que soube à vitória) também mantém-se na 12a posição com 7 pontos abaixo da linha de água.

Vilankulo goleia a locomotiva (vinda) de Nampula

No outro jogo da tarde que marcou o início desta oitava jornada, o Vilankulo FC jogando em casa, sem dó nem piedade goleou o Ferroviário de Nampula por três bolas sem resposta. A vitória começou a ser desenhada nos primeiros segundos da partida muito antes dos adeptos tomarem as bancadas do Estádio Municipal. Mauro foi autor do primeiro golo.

Mantendo domínio e como corolário da pressão exercida sobre o adversário por sua vez assustado com a tamanha ousadia dos caseiros, os marlins chegaram ao segundo golo por intermédio de Tendai, ainda no decorrer da primeira parte.

O terceiro e último golo que reconciliou Chiquinho Conde com a massa associativa do Vilankulo, surgiu no início da segunda parte por intermédio de Matlombe a meio da rua. Com a vitória, a equipa do jovem Yassin Amuji, limpou a cara do vexame sofrido diante do surpreendente Chibuto FC por 3 a 0.

Confira as partidas agendadas para este domingo, que você pode acompanhar em directo no TWITTER @verdademz:

15h. Campo do Costa do Sol: Costa do Sol vs Liga Muçulmana

15h. Campo do Ferroviário da Beira: Têxtil de Púnguè vs Chingale de Tete

15h. Estádio da Machava: Ferroviário de Pemba vs Ferroviário de Maputo

15h. Campo do Maxaquene: Desportivo vs Ferroviário da Beira

15h. Estádio do HCB: HCB de Songo vs Chibuto

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!