Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: União empata com campeão e continua confortável na liderança agora seguido pelo Chibuto no 2º lugar

Moçambola: União empata com campeão e continua confortável na liderança agora seguido pelo Chibuto no 2º lugar

Foto de Eliseu PatifeO Ferroviário de Maputo tremeu neste domingo(11), em pleno estádio da Machava, diante da União Desportiva de Songo mas acabou por empatar 2 a 2 e manteve-se na disputa pelo título nacional de futebol. Com igual resultado terminou o duelo entre os Ferroviários de Nampula e da Beira beneficiando o Chibuto FC que continua invicto em Gaza e já ocupa a 2ª posição. Para a história da 24ª jornada fica o registo da maior goleada do Moçambola, 6 a 1 venceu o Desportivo de Nacala ao homónimo do Niassa.

Não era o jogo do título mas uma derrota dos campeões ainda em título, que vinham de uma derrota com o Ferroviário da Beira no Chiveve, poderia deitar por terra as suas chances de revalidação.

A União, que sofreu uma derrota durante a semana na 1ª mão das meias-finais da Taça de Moçambique, entrou sem receios e a pressionar o seu adversário ainda na sua grande área e logo nos minutos iniciais Banda poderia ter aberto o placar não fosse uma grande intervenção do guarda-redes Leonel.

Só depois do primeiro quarto de hora é que a equipa de Carlos Manuel conseguiu sacudir a pressão e começou a chegar com perigo à baliza de Swin, primeiro defendeu com a ponta dos dedos um remate de Mastyl e depois arrojou-se aos pés de Maurício.

O jogo estava aberto e sucediam-se os lances de ataques pelos flancos, no minuto 29 a União ganhou um livre na direita a poucos metros da grande área e na sua transformação a Stélio foi às alturas cabecear para inaugurar o marcador.

Foto de Eliseu PatifeOs campeões acusaram o golo mas recompuseram-se correndo atrás da desvantagem. Timbe de cabeça restabeleceu a igualdade no minuto 42 após cruzamento da esquerda de Jeitoso. Antes do intervalo Maurício recebeu a bola na pequena área mas só com o guarda-redes Swin pela frente rematou ao lado do poste mais distante.

A equipa de Artur Semedo voltou “eléctrica” do descanso e mostrando que o empate não chegava para as suas aspirações. Cambala na área cabeceou perto do travessão e alguns minutos depois encheu o pé para defesa atenta de Leonel.

Os “locomotivas” da capital davam réplica mas Swin estava atento. Até que no minuto 33 Luís Miquissone ganhou a bola no semi-círculo, entrou para a área, trocou as voltas os defesas do Ferroviário e chutou certeiro com o pé esquerdo para o canto inferior direito da baliza de Leonel. Na bancadas sombra do estádio da Machava um punhado de adeptos exultava de alegria perante o desespero dos “vataxanisseca”.

Com cerca de um quarto de hora para jogar os jogadores da União julgaram que a partida estava ganha, passaram a defender muito atrás deixando a Cambala e Luís as despesas de contra ataque que na verdade não procuravam a baliza mas antes manter a posse de bola para deixar o tempo passar.

Perdidos por dois ou mais não importava e os campeões vieram com tudo e numa jogada de insistência, e após um remate inicial que Swin não agarrou, Maurício atirou para o fundo das redes restabelecendo o empate que mantém o Ferroviário de Maputo com os mesmo 10 pontos de desvantagem em relação ao líder.

“Guerreiros” invencíveis em Gaza ascendem a 2º

A União Desportiva mantém a liderança isolada com 6 confortáveis pontos de vantagem para o 2º lugar que agora é repartido pelo Chibuto FC e pelo Ferroviário da Beira.

Os “guerreiros” mantiveram a sua invencibilidade em Gaza onde receberam os “trabalhadores” de Quelimane graças a um golo de Chawa no minuto 24.

No estádio 25 de Junho o “locomotivas” do Chiveve começaram por surpreender os homónimos da chamada capital Norte mas Imo e Banda garantiram a repartição de pontos que mantém as duas equipas na disputa do título e com a mesma desvantagem com que entraram para a jornada, em relação ao líder.

Na cidade portuária de Nacala o Desportivo local goleou o homónimo do Niassa e somou 3 preciosos pontos para a sua manutenção no Campeonato nacional. Tchitcho, um bis de Adebayor, outro bis de Binó e um de Bento garantiram a maior goleada da época.

A derrota afunda os representantes do Niassa na última posição pois o Desportivo de Maputo conseguiu somar um ponto na deslocação a Inhambane onde empatou 1 a 1 com o ENH de Vilanculo.

O Estrela Vermelha também continua na linha de despromoção após perder para o Costa do Sol por 0 a 2, Pai e Parkim marcaram os golos da vitória dos canarinhos.

Os resultados da 24ª jornada são os seguintes:

ENH Vilanculo 1-1 Desportivo Maputo

Chibuto FC 2-0 1º de Maio de Quelimane

Desportivo de Nacala 6-1 Desportivo de Niassa

Chingale de Tete 1-0 Liga Desportiva de Maputo

Ferroviário de Maputo 2-2 União Desportiva de Songo

Ferroviário de Nampula 2-2 Ferroviário da Beira

Estrela Vermelha de Maputo 0-2 Costa do Sol

Maxaquene 1-0 Ferroviário de Nacala

 

Eis as tabela classificativa:

CLUBES J V E D BM BS P
União Desportiva de Songo 24 14 7 3 29 10 49
Chibuto FC 24 11 10 3 26 13 43
Ferroviário da Beira 24 12 7 5 31 19 43
Ferroviário de Nampula 24 10 10 4 28 17 40
Ferroviário de Maputo 24 10 9 5 23 14 39
Liga Desportiva de Maputo 24 11 5 8 29 17 38
Maxaquene 24 9 8 7 25 23 35
ENH de Vilankulo 24 8 8 8 20 23 32
Desportivo de Nacala 24 7 10 7 33 27 31
Costa do Sol 24 8 7 9 28 28 31
11º Ferroviário de Nacala 24 6 12 6 16 18 30
12º Chingale de Tete 24 7 4 13 17 35 25
13º 1º de Maio de Quelimane 24 5 9 10 25 33 24
14º Estrela Vermelha de Maputo 24 3 12 9 23 30 21
15º Desportivo de Maputo 24 1 11 12 13 29 14
16º Desportivo de Niassa 24 2 7 15 9 38 13
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!