Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Desportivo de Maputo perde a segunda posição

Dominou mas não ganhou. É tudo que se pode dizer do Desportivo de Maputo no jogo da tarde deste sábado frente ao HCB de Songo que abriu a disputa da sexta jornada do campeonato nacional de futebol, Moçambola.

Cientes da capacidade do HCB de jogar ao erro do adversário, os Alvinegros entraram prudentes. Porque nem todo indivíduo é infinitamente estudante, o Desportivo decidiu pisar no acelerador pondo em teste a defesa da equipa do Songo mas sem sucesso. No prosseguimento da partida, o Desportivo embrulhou-se e errou.

E como de erros vive o HCB, Marlyn no vigésimo primeiro minuto, faz o golo que serenou os adeptos do Desportivo que emocionavam-se a cada ataque. Nem de gritos, nem de vivas, nem de batuques. Nada mais ouviu-se senão o pânico gerado pelo golo. A raça Alvinegra emudeceu.

A partir daí o HCB reestruturou a sua equipa e aconteceu o inédito: Conter-se, não atacar e somente a defender nos subsequentes sessenta e cinco minutos permitindo ao Desportivo construir de trás para frente o seu jogo mas sem alcançar o objectivo principal que era de chegar ao golo, aliás, várias foram as situações de golo por si desperdiçadas sob marcação cerrada e atenta de Songo. E foi assim que o jogo terminou com os três pontos voando para Songo.

O Desportivo cedeu assim o segundo lugar do Moçambola para o HCB que o assume temporariamente.

No outro jogo do dia, Vilankulo FC e o Ferroviário da Beira não foram para além de um empate sem abertura de contagem na vila municipal de Vilankulos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!