Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique poderá triplicar produção de gás em 2018

A partir de 2018, Moçambique poderá triplicar a sua actual capacidade de produção de gás natural, estimada em 183 milhões de gigajoules/ano, devido ao início da exploração daquele recurso, recentemente descoberto na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado, por várias multinacionais envolvidas na sua pesquisa.

A actual produção de gás natural resulta da exploração dos jazigos de Temane e Pande, na província de Inhambane, pela companhia sul-africana SASOL, disse ao Correio da manhã Nelson Ocuane, Presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

Entretanto, aquelas duas regiões poderão contribuir “ainda mais por continuarem com reservas que deverão ser exploradas futuramente”.

A partir de 2018, Moçambique deverá tornar-se num dos maiores produtores mundiais de gás natural e “passará a ser menos dependente da ajuda externa para a implementação dos seus projectos de desenvolvimento socioeconómico”, salientou aquele responsável da ENH, empresa pública moçambicana que, juntamente com a Sasol, participa na exploração daquele recurso estratégico em Pande e Temane.

Aquela fonte falava esta quarta-feira à margem da inauguração da nova central de processamento de Temane, cerimónia que contou com a presença do Presidente moçambicano, Armando Guebuza.

Com aquela iniciativa, a capacidade de produção de gás natural do país passa de 120 milhões de gigajoules para 183 milhões de gigajoules por ano.

Em Moçambique, várias companhias multinacionais, com destaque para Anadarko Petroleum, dos Estados Unidos da América (EUA), ENI, da Itália, Petronas, da Malásia, e Sasol, da África do Su, estão envolvidas nas pesquisas e exploração de gás natural e petróleo em diferentes regiões do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!