Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique no festival do Goree no Senegal

Moçambique participa, de quinta-feira a domingo, na 5ª edição do Festival do Gorée, Diáspora no Senegal, efeméride que vai juntar durante três dias culturas de diversos países no minúsculo território insular daquele país da costa ocidental africana.

A Ilha de Gorée situa-se ao largo da costa do Senegal, em frente a Dakar, e foi entre os séculos XV e XIX, um dos maiores centros de comércio de escravos do continente, a partir de uma feitoria fundada pelos portugueses.

Esse entreposto foi, ao longo dos séculos, conquistado e administrado pelos holandeses, ingleses e franceses.

A ilha Gorée, classificada em 1978 como Património da Humanidade constitui um símbolo da exploração humana e uma escola para as gerações actuais, com grande importância para a Diáspora africana.

Moçambique será representado no evento pelo Gabinete de Conservação da Ilha de Moçambique, convidado pelo Ministério da Cultura, que leva alguns artigos de valor sócio – cultural, para exposição, que representam os traços históricos típicos da comunidade local, designadamente, artigos artesanais, imagens fotográficas e DVDs ilustrativos a vida quotidiana da Ilha de Moçambique.

O evento, segundo um comunicado de imprensa do Ministério da Cultura recebido pela AIM, enquadra-se no âmbito de relações existentes entre as duas partes insulares, ou seja a Ilha de Gorée no Senegal e a Ilha de Moçambique.

Ambas as ilhas guardam até hoje na memória os episódios sombrios do tráfico de escravos para diversos quadrantes do mundo, no bárbaro negócio esclavagista que constituiu uma verdadeira ofensa a raça negra.

Enquanto que a Ilha de Moçambique constituía grande interposto para a captura, venda e encaminhamento dos escravos para ilhas das Comores, Reunião, Maurícias e Brasil, Gorée servia de posto de recepção e armazenamento dos escravos para a sua posterior distribuição nas plantações.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!