Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique vai identificar zonas com maior potencial

Cerca de 4,5 milhões de euros, equivalentes a 179,7 milhões de meticais, deverão ser aplicados até 2013 para o mapeamento das regiões moçambicanas com maior potencial para o desenvolvimento de projectos ligados a energias renováveis.

 

 

O projecto será patrocinado pelo Fundo Nacional de Energia (FUNAE) e inclui o desenvolvimento de trabalhos nas vertentes de energias renováveis hídricas, eólicas, solares, geotérmicas e biomassa, segundo Pedro Fernandes, responsável da empresa Gesto Energy Consulting, firma portuguesa encarregue de efectuar aquela iniciativa.

Em entrevista ao Correio da manhã, aquela fonte salientou que a iniciativa de elaboração do “Atlas de Energias Renováveis Moçambique” inclui a instalação de 35 estações de medição de vento, sol, “dando assim forma a um plano que conta com o aval do Governo de Moçambique”.

A medida visa “preparar o mercado moçambicano” para acolher investimentos de Portugal e outros países europeus interessados em explorar “as vastas potencialidades existentes naquele sector”, salientou ainda aquela fonte.

Portugal figura na lista dos países que mais procuram o mercado moçambicano para o desenvolvimento de projectos ligados à área de energias renováveis, de acordo ainda com Fernandes, realçando que “o que realmente falta é a identificação das zonas mais apropriadas, por estar claro que Moçambique tem muitas potencialidades neste sector”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!