Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique e China assinam acordos de cooperação militar

O Ministro moçambicano da Defesa Nacional, Filipe Nyussi, concluiu, semana passada, uma visita de trabalho à China, durante a qual assinou dois acordos de cooperação no domínio militar. Nyussi disse, no seu regresso a Maputo, que um dos acordos viabiliza a doação, pelo Governo da China, de mais de três milhões de dólares norte-americanos em equipamento militar não letal às Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM).

Segundo aquele governante, tal equipamento inclui fardamento e botas, entre outro material de grande utilidade para as actividades das forças armadas moçambicanas, que há já vários anos contam com assistência da China. “O outro acordo que assinámos com as autoridades chinesas destina-se à consolidação da nossa cooperação bilateral no domínio militar”, que dura há vários anos, e que para além de fardamento e botas inclui também o fornecimento de meios circulantes.

Moçambique aposta fortemente no capital humano, ou seja, na formação e treino do pessoal militar. Nesse sentido, Filipe Nyussi visitou universidades e outras instituições de formação de oficiais, que pode ser bastante útil para o corpo de oficiais moçambicanos, para além de ter mantido contactos com tropas especiais chinesas.

A estratégia que o Estado Maior General das FADM está agora a tomar, relativamente ao desenvolvimento das forças armadas, sobretudo na provisão de bens e serviços, dá particular atenção à questão da logística militar não letal e todo o sistema de reparação e manutenção de veículos de transporte de carga e pessoal existentes em Moçambique. Refira-se que o Estado-Maior General das FADM tem neste momento em mãos uma proposta de uniforme padronizado concebido para os três ramos das forças armadas moçambicanas, nomeadamente, Força Aérea, Marinha de Guerra e Exército.

Para além da China, o ministro moçambicano da Defesa Nacional visitou também a Turquia, onde manteve encontros com entidades turcas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!