Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique e Angola procuram solução para vistos de entrada

O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Odelmiro Baloi, disse, Quinta-feira, em Maputo, que Moçambique e Angola estão a trabalhar no sentido de eliminar as dificuldades que ainda se verificam na obtenção de vistos para ambos países.

O trabalho em curso visa resolver os problemas que ainda são enfrentados pelos cidadãos dos dois países, particularmente pelos moçambicanos quando tencionam obter o visto de Angola.

Contrariamente aos moçambicanos, os angolanos já não passam por dificuldades similares. Mas mais do que a rápida emissão de vistos, os dois países pretendem melhorar a livre circulação de pessoas nos dois lados e evitar a repetição do episódio registado em Agosto último, em Luanda, quando as autoridades de Migração da Angola proibiram a entrada, naquele país, de dois jornalistas moçambicanos que, na altura, estavam devidamente identificados.

“Estamos a trabalhar não apenas para evitar a repetição do que aconteceu com os jornalistas, mas também para resolver o problema na sua globalidade”, disse o governante moçambicano, falando a jornalistas moçambicanos na Presidência da República, momentos após a acreditação de novos embaixadores, incluindo o de Angola.

“Não faz sentido que face as boas relações entre Moçambique e Angola haja problemas precisamente no aspecto de vistos. Não faz sentido, nem para com jornalistas, nem para empresários, nem para a população no geral”, disse Baloi.

Segundo o governante, a questão dos vistos de entrada nos dois países faz parte dos assuntos prioritários a serem tratados com o novo Embaixador de Angola, Isaías Vilinga, acreditado, Quinta-feira, pelo Chefe do Estado, Armando Guebuza.

Para Baloi, a proibição de entrada dos dois jornalistas moçambicanos apenas veio evidenciar publicamente a existência desse problema.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!