Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique continua a exportar fruta para Europa

Apesar da interdição do escoamento da fruta produzida nas regiões norte e centro de Moçambique, para a zona sul, as empresas produtoras naquelas regiões continuam a exportar para países vizinhos e para a Europa. A apetência à fruta produzida nas zonas norte e centro do país tende a crescer devido a sua qualidade e procura nos mercados internacionais.

O Director Nacional de Economia, no Ministério da Agricultura (MINAG), Vitorino Xavier, citado pela Rádio Moçambique, estação pública, disse que, apesar da alegada mosca da fruta detectada nas zonas norte e centro do país, o consumo da fruta não põe em causa a saúde pública. Vitorino Xavier referiu, ainda, que a interdição da circulação da fruta para a zona sul é uma medida de precaução para evitar a propagação da mosca da fruta, descoberta noutras regiões do país. Quanto a exportação, o director nacional de economia no MINAG disse que cabe a cada país aceitar a entrada do produto proveniente de regiões tidas como afectadas pela mosca da fruta.

Segundo Vitorino Xavier, para assistir os países afectados pela mosca da fruta foram criados dois programas ao nível da África Austral, subdividos em grupos. Assim, há uma intervenção de emergência para os países mais afectados, onde Moçambique não faz parte, e outra para toda a região Austral de África no geral.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!