Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique aproveita apenas 50 mil hectares de áreas irrigadas

Moçambique explora apenas 50 mil hectares de campos agrícolas dotados de sistemas modernos de irrigação, apesar de o seu potencial irrigável ser estimado em perto de 3,3 milhões de hectares.

Nos anos 80, do século XX, Moçambique tinha uma capacidade para desenvolver uma agricultura irrigada de cerca de 120 mil hectares e o seu declínio deve-se à falta de equipamento e tecnologias avançadas, sistema de drenagem ineficientes, uso de águas em quantidade e/ou qualidade não adequadas.

Cerca de 60% do volume de campos agrícolas irrigados são usados para a produção de cana sacarina e apenas 8,8% são aproveitados pelo sector familiar, segundo dados do Ministério da Agricultura (MINAG), contidos no seu Plano Estratégico para o Desenvolvimento do sector Agrário (PEDSA).

Aquele cenário contribui para os baixos níveis de produtividade agrícola no país, realça o documento, salientando que a situação é aliada ao facto de a maioria dos agricultores ter fraco conhecimento de técnicas de produção e de práticas comerciais avançadas.

Grande parte dos agricultores continua a operar de forma individual e “muito poucos” estão organizados em associações ou outros fóruns apropriados, acrescenta o documento do MINAG.

A actividade agrícola no país depende, em larga medida, da precipitação, em perto de 95% das suas áreas cultivadas, acrescenta o MINAG, realçando que o facto é também agravado pelo impacto negativo das mudanças climáticas que provocam a ocorrência de desastres naturais de forma cíclica.

Para inverter a situação, o MINAG projecta aplicar cerca de 640 milhões de dólares norte-americanos visando elevar para, pelo menos, 113 mil hectares a capacidade de irrigação de campos agrícolas no país até 2019, segundo ainda a instituição, apontando a construção de infra-estruturas de armazenamento de água e diques de protecção como parte das acções contidas no PEDSA.

A utilização de tecnologias modernas de rega para aumentar eficiência no uso de água e o melhoramento dos sistemas de informação de aviso prévio de chuvas e cheias são, igualmente, outras acções previstas naquele programa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!