Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reabilitados 177 quilométros de estradas para impulsionar comércio na SADC

Cerca de 177 quilómetros de estradas ligando Moçambique e outros países vizinhos da África Austral beneficiaram de obras de alargamento e reabilitação ao longo de 2012, num esforço visando facilitar as transações comerciais entre operadores económicos nacionais e da região.

A iniciativa consumiu perto de 185.5 milhões de meticais, segundo o Ministério das Obras Públicas e Habitação (MOPH), realçando que o programa inicial previa o melhoramento de vias rodoviárias equivalentes a 123 quilómetros.

A meta foi ultrapassada graças a maior utilização de material de baixo custo nas obras realizadas, segundo Francisco Pereira, vice-ministro das Obras Públicas e Habitação, salietando que o recurso àquele tipo de material deveu-se ao facto da sua categoria ter “baixo volume de trâfego rodoviário”.

Para 2013, aquele pelouro projecta o melhoramento de mais 50 quilómétros de es- tradas regionais, acrescenta a Administração Nacional de Estradas (ANE), apontando a facilitação de movimento de pessoas e bens, e ainda o escoamento da produção agrícola nacional para o mercado doméstico e regional como um dos objectivos do programa.

As intervenções previstas para 2013 deverão consumir cerca de 202,3 milhões de meticais, gastos que se justificam por se tratar estradas “vitais e impulsionadoras para o desenvolvimento de uma agricultura virada para o mercado”, acrescentou, por outro lado, Laura Rose, directora interina do Banco Mundial (BIRD), em Moçambique, e representante dos parceiros externos de cooperação com o país.

Refira-se que, os parceiros externos de cooperação acabam de assegurar um financiamento de perto de 11, 8 biliões de meticais para apoiar as acções de melhoramento de estradas ao longo de 2013. Em 2012, o apoio dos doadores àquele sector foi de cerca de 8.9 biliões de meticais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!