Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Padre canadiano é assassinado ao sair de um banco no Haiti

Um missionário canadiano foi assassinado a tiros, esta Quinta-feira (25), ao sair de um banco na capital do Haiti, Porto Príncipe, disseram as autoridades.

O padre, Richard Joyal, de 62 anos, de Manitoba, foi baleado três vezes nas costas por um homem numa moto que pegou a bolsa que o sacerdote levava, de acordo com um oficial da polícia.

Joyal, que pertencia à ordem católica Société de Marie, já havia trabalhado nas Filipinas e na Costa do Marfim, de acordo com uma fonte familiarizada com as suas actividades no Haiti. A emboscada fatal contra clientes de bancos, geralmente depois de alguém fazer grandes retiradas de dinheiro, não é novidade no Haiti.

A polícia montou operações especiais na tentativa de reprimir o crime. O governo canadiano emitiu recentemente um alerta de viagem para seus cidadãos interessados em visitar o país caribeano, advertindo-os para “exercer um alto grau de cautela devido aos altos índices de criminalidade em várias partes do país e às tensões políticas actuais.”

O governo haitiano protestou contra esse alerta, também emitido pelos Estados Unidos, dizendo que, apesar dos recursos limitados da polícia, o Haiti tem uma das menores taxas de criminalidade do Caribe.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!