Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambicanos baleados mortalmente na África do Sul por caça ilegal no Kruger Park

Três moçambicanos foram mortos a tiros pela polícia de protecção afecta ao Kruger Park no território sul-africano, na sexta-feira (22) passada, devido à caça furtiva ilegal.

O porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Pedro Cossa, disse que as vítimas encontraram a morte quando tentavam fugir ao se aperceber da presença da polícia sul-africana, o que levou aos disparos contra eles. Consta que abatiam frequentemente animais de grande e pequeno porte para a venda e o consumo.

Dois dos três corpos já foram transladados para Moçambique. O outro ainda permanece na República da África do Sul por alegada dupla nacionalidade. Cossa acrescentou que são reduzidas as probabilidades de as famílias das vítimas serem indemnizadas. Isso só pode acontecer caso haja vontade política entre os dois governos.

Na semana de 16 a 22 de Fevereiro em curso, a PRM deteve em todo o país 1.257 indivíduos, dos quais 1.064 por violação de fronteira, 43 por emigração ilegal e 150 por prática de crimes considerados comuns.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!