Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

50 doentes retomam tratamento antiretroviral na Moamba

As autoridades sanitárias no distrito de Moamba, província meridional de Maputo, conseguiram convencer 50 doentes seropositivos a retomar o tratamento antiretroviral, depois de um abandono em 2010, evocando diversas razões.

Localizado a 75 quilómetros da capital moçambicana, o distrito de Moamba integra na sua divisão administrativa os Postos Administrativos de Pessene, Sabié e Ressano Garcia, e neste último está o mais movimentado posto fronteiriço de entrada à vizinha África do Sul a sensivelmente 20 quilómetros da sede distrital.

No entanto, entre os factores que influenciam os abandonos destaca-se a fraca taxa de cobertura sanitária a nível distrital, associada a dispersão da grande maioria dos residentes, mas também a secular cultura migratória, assim como a incapacidade de garantir a auto-suficiência alimentar.

Filipa Ganje, médica interina, disse que o retorno dos 50 doentes ao tratamento resulta do esforço das equipas de “busca activa” que têm a missão de se dirigir as comunidades com o propósito de localizar os doentes e encorajar o reatamento e, por conseguinte, evitar a sua morte.

A acção das equipas de busca activa permite também fazer um acompanhamento integral da evolução do estado clínico dos dois mil doentes em tratamento antiretroviral (TARV) naquele distrito, embora 10 por cento do número tenha morrido em 2010.

Além dos problemas no tratamento antiretroviral, Filipa Ganje apontou igualmente a alta incidência da malária que, em 2010, provocou um total de 4.770 casos dos quais sete se saldaram em mortes.

Todavia, a médica interina disse haver uma forte aposta nos programas de sensibilização, em que as comunidades são constantemente orientadas a observar os cuidados elementares como a limpeza do capim, eliminação dos charcos de água e o uso correcto da rede, com vista a prevenir a malária.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!