Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Missão empresarial portuguesa escala Nampula, Beira e Maputo a procura de oportunidades de negócios

Uma missão empresarial portuguesa desloca-se a Moçambique no próximo dia 16, sexta-feira, para manter contactos com o sector privado e autoridades locais, com o objectivo de encontrar oportunidades de negócio.

A missão composta por dez representantes de empresas de diferentes ramos de actividade económica de interesse nacional chega a Maputo na manhã do dia 17, sábado, mas projectou iniciar o trabalho em Nampula e Nacala, norte do país, no dia seguinte, domingo, onde deverá permanecer até terça-feira próxima, 20 de Setembro.

De Nampula e Nacala a missão empresarial portuguesa “desce” para a cidade da Beira na mesma terça-feira, 20 de Setembro, devendo iniciar no mesmo dia alguns contactos de reconhecimento do ambiente económico local, para no dia seguinte, quarta-feira, 21, manter um encontro geral com o sector privado e autoridades locais.

Depois da cidade da Beira a missão desloca-se a Maputo, a capital moçambicana onde programou dois dias, 22 e 23 de Setembro, de reuniões com o empresariado e governo locais.

A partida de regresso para Lisboa está prevista para a manhã do dia 24 de Setembro, sábado, completando uma semana de estadia em Moçambique.

segundo escreve, O Autarca teve acesso a lista dos empresários que participam dessa missão, sendo de destacar que a mesma inclui agentes económicos dos ramos de Arquitectura e Engenharia, Têxtil, Gestão de Projectos, Equipamento e Material Eléctrico, Gás, Transportes e Equipamento de Ventilação.

Ao nível da cidade da Beira a vinda da missão está sendo coordenada pela Associação Comercial da Beira (ACB). De referir que a permanência da missão empresarial portuguesa em Moçambique e particularmente na cidade da Beira representa uma janela aberta de oportunidades para o sector privado local firmar acordos de parceria e buscar novas oportunidades de negócios e de investimento nos ramos acima mencionados.

Do lado dos portugueses eles buscam oportunidades de internacionalização das suas empresas, além da procura de novos mercados para os seus produtos e serviços.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!