Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

MISAU preocupado com ressurgimento do sarampo

As autoridades sanitárias moçambicanas estão preocupadas com o recente ressurgimento de casos de sarampo no país, uma doença já decretada como erradicada no país.

O Ministro da Saúde, Ivo Garrido, classificou de preocupante este reaparecimento e defende a necessidade de se concentrarem esforços no aumento das taxas de vacinação no país. “O recente ressurgimento de casos de sarampo no país é preocupante. São poucos casos registados, mas a situação é preocupante. Para reverter a situação, a meta deve ser atingir a cobertura de vacinação recomendadas pela Organização Mundial da Saúde”, disse Garrido, falando esta terca-feira, em Maputo, no decurso do 35/o Conselho Coordenador da Saúde.

Aquele governante revelou que em 2011 o sector da Saúde vai realizar a Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo, com objectivo de atingir a eliminação (definitiva) desta doença no país em 2015. A partir de 2006, os casos suspeitos de sarampo em Moçambique reduziram de 12.942 para 556 no ano passado. As autoridades da Saúde consideram que o reaparecimento desta doença (como de qualquer outra que se previne através da vacinação) resulta da não cobertura em cem por cento das taxas de vacinação.

Em todo o país, a taxa de vacinação contra esta doença foi de 90 por cento. O Ministro da Saúde já manifestou a sua preocupação em relação ao não cumprimento das metas de vacinação no país. Moçambique iniciou em 1979 o Programa Alargado de Vacinação (PAV), providenciando protecção a crianças menores de cinco anos e suas mães contra doenças preveníveis, nomeadamente o tétano, tuberculose, difteria, tosse convulsa, poliomielite e sarampo. O objectivo do PAV é reduzir a morbidade e mortalidade por doenças preveníveis por vacina.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!