Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

MINED alfabetiza um milhão de moçambicanos por ano

O Ministério moçambicano da Educação (MINED) alfabetiza pelo menos um milhão de pessoas por ano. O objectivo é reduzir a taxa de analfabetismo dos actuais 48,1 por cento para 30 por cento, até 2015, como reza a Estratégia de Alfabetização e Educação de Adultos (2010-2015).

O facto vem contido no comunicado de imprensa do MINED, recebido pela AIM, emitido por ocasião da celebração, Sábado, 08 de Setembro, do dia Internacional de Alfabetização.

Este ano a data é comemorada sob o lema “Alfabetização pela Paz, ontem e hoje com o olhar no futuro”, isto em alusão a celebração dos 20 anos de Paz que Moçambique assinala no próximo dia Quatro de Outubro, dia em que o pais se livrou, formalmente, da guerra civil dos 16 anos. Várias actividades marcaram a semana da Alfabetização, iniciada no passado dia três do mês em curso.

Destaque vai para o plantio de árvores nos locais públicos, sensibilização e mobilização nos bairros para as inscrições de pessoas para a alfabetização, visitas aos hospitais, às prisões e a lugares históricos, divulgação dos vários programas de alfabetização em curso nas províncias, visitas às exposições de artigos produzidos por alfabetizandos e realização de concursos de leitura e escrita.

Igualmente, foram realizadas jornadas de limpeza nos centros de Alfabetização e Educação de Adultos e a entrega de prémios aos melhores directores de escolas e alfabetizadores. Os alfabetizandos foram premiados pela sua participação no concurso de leitura e escrita.

O Congresso Mundial dos Ministros de Educação sobre a Erradicação do Analfabetismo realizado em Teerão, no Irão, de 8 a 19 de Setembro de 1965, aprovou que o Oito de Setembro fosse proclamado Dia Internacional de Alfabetização e celebrado por todos os países do mundo, a partir de 1966. Moçambique acolheu a data e passou a comemorá-la depois da Independência Nacional, em 1975.

Moçambique celebra esta data como elemento-chave para a reflexão da alfabetização, considerando-a factor importante para o combate ao analfabetismo e, consequentemente, a pobreza.

A experiência e estudos feitos mostram que a alfabetização pode ter um papel essencial no aumento das possibilidades de emprego, na promoção da igualdade entre sexos, na melhoria da saúde familiar, na promoção da participação democrática e, em suma, na erradicação da pobreza.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!