Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mina de Moatize vai produzir 11 milhões de toneladas de carvão

Cerca de 1.3 bilião de dolares americanos, e o valor aplicado no projecto de exploração de carvão de Moatize, um empreendimento que vai ter uma capacidade nominal de produzir 11 milhões de toneladas por ano de carvão metalúrgico e térmico.

O que se espera é que a sua exploração possa tornar o nosso país num dos maiores corredores logísticos para o Brasil e outros países da Europa, Médio Oriente e Ásia no geral que são tradicionais consumidores deste recurso.

Para o efeito, o carvão será transportado por via ferroviária com cerca de 600 quilómetros construido por uma concessionária do Porto da Beira, na província de Sofala. A Vale Moçambique considera que neste momento, perto de 2500 pessoas, 90 por cento das quais nacionais estão a trabalhar no projecto de implantação da mina de Moatize.

No pico das obras, o número de trabalhadores vai ultrapassar os três mil, sendo a maioria, moçambicanos. Para a fase de operação, prevê-se um efectivo de cerca de 1.500 empregos directos. Para além da geração de emprego, a Vale possui o compromisso de estimular e desenvolver fornecedores de serviços e produtos na região onde actua e, para tal, já está a efectuar um levantamento cadastral das pequenas e médias, empresas existentes na região de Tete e Moatize de forma a identificar e capacitar estes potenciais fornecedores.

O objectivo é capacitar os fornecedores locais para as fases de implantação e operação do projecto de Moatize, e gerar oportunidades de negócios e empregos na região de forma sustentável. Durante a fase de estudo de viabilidade, a Vale avança que investiu cerca de sete milhões de dólares em projectos sociais nas áreas de saúde, agricultura, infra-estruturas e educação.

Alguns destes projectos incluíram a construção e a reabilitação de unidades no Hospital provincial de Tete e do Centro de Saúde de Moatize, a reforma do Instituto Médio de Geologia e Minas de Moatize e projectos para o desenvolvimento da agricultura local. Para a fase operacional, o principal objectivo dos programas e projectos sociais será assegurar a sustentabilidade social e económica das cerca de 1.100 famílias que serão reassentadas com a instalação do Projecto de Carvão de Moatize, e das comunidades vizinhas. estudos e pesquisas foi desenvolvido, sempre em parceria com representantes do governo, comunidades e empresas especializadas.

Presente em mais de 30 países, a Vale tem pesquisado e desenvolvido diversas oportunidades para se tornar uma grande empresa global no segmento do carvão. Segundo gestores da empresa, Moatize enquadra-se perfeitamente nesta estratégia da empresa, juntamente com os outros activos da Vale em operações de carvão na Austrália e em duas parcerias na China.

Para além disso, Moçambique tem um enorme potencial de crescimento graças às suas reservas minerais, energéticas Com efeito, um intenso programa de e potencial hídrico.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!