Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

PRM desmantela quatro quadrilhas em Maputo

A Polícia da República de Moçambique (PRM), desmantelou na semana passada na cidade capital, Maputo, quatro quadrilhas de malfeitores, três das quais que se dedicavam a assaltar residências e a outra, ao consumo e venda de estupefacientes.

De acordo com Arnaldo Chefo, porta-voz do Comando da PRM da cidade de Maputo, os referidos bandos de malfeitores caíram nas malhas das autoridades policiais, graças ao trabalho de investigação que têm vindo a ser desenvolvido pelas diferentes unidades da corporação com vista a reduzir a onda de criminalidade com vista a trazer tranquilidade e segurança aos cidadãos.

Segundo o porta-voz da PRM, aqueles grupos de malfeitores que actuavam nos bairros da cidade de Maputo, para além de roubos em residências também praticavam assaltos em via pública, usando para lograr seus ententos, a violência física e por vezes, recorrendo às ameaças com armas de fogo e brancas. número e os nomes dos detidos, uma vez que trabalhos de investigaçao estão a ser levados a cabo com vista a determinar o grau de envolvimento de cada elemento e acçoes que poderão ditar a captura de outros presumíveis integrantes destes grupos criminosos.

Sobre as zonas mais visadas pelos bandidos, Chefo disse que, não existem detalhes ainda visto que as investigações prosseguem, porém, adiantou que os indiciados no caso de consumo e venda de drogas, actuavam nos bairros periféricos do Chamanculo, Mafalala e Aeroporto.

Chefo explicou ainda que os bairros têm vindo a apresentar um crescimento notável de consumidores e vendedores de drogas, sobretudo, pesadas, desde os últimos meses do ano passado e os primeiros do corrente porque a PRM, têm vindo a apertar o cerco contra os traficantes vendedores e consumidores de tóxicos do bairro militar, vulgarmente conhecido por Colómbia.

“O trabalho levado à cabo pelas autoridades policiais, está a criar uma movimentação massiva dos consumidores e vendedores de estupefacientes da Colómbia para novos pontos onde ainda a actuação da polícia não se faz sentir” disse Chefo.

De referir que a PRM, quer através do Comando Geral quer por via do Comando da cidade, têm alertado para o fenómeno do envolvimento de estudantes e menores de idade em casos de furtos qualificados e violência contra professores nas instituições escolares, devido ao consumo de drogas com destaque para o álcool.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!