Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Milhares de manifestantes marcham contra o governo da Tailândia

Milhares de manifestantes antigovernamentais marcharam neste sábado pelas ruas da capital Bangcoc e em outras cidades da Tailândia para pedir a renúncia do governo interino da primeira-ministra, Yingluck Shinawatra.

Liderados pelo ex-vice-primeiro-ministro Suthep Thaugsuban, os presentes nas manifestações chegaram a ocupar os jardins da sede do governo em protesto contra o Executivo, que é acusado de corrupção e fraude eleitoral.

“Em resumo, a marcha tem o objetivo de destacar nossa intenção, que queremos de forma imediata uma reforma nacional e não eleições”, afirmou Thaugsuban, que abandonou sua cadeira no Parlamento e o Partido Democrata para comandar os protestos. “Queremos dizer: ‘Não façam eleições. O povo irá boicotá-las'”, afirmou Thaugsuban, segundo o jornal “Bangcoc Post”.

As mobilizações antigovernamentais começaram com protestos pacíficos, mas em novembro e dezembro aconteceram os primeiros confrontos com a polícia e também ataques contra os acampamentos dos manifestantes.

Pelo menos 11 pessoas morreram e mais de 600 ficaram feridas desde o novembro.

O Tribunal Constitucional da Tailândia anulou na sexta-feira passada as eleições de fevereiro porque não houve votação em 28 das 376 circunscrições, pois os manifestantes antigovernamentais impediram o registro de candidatos.

A Tailândia vive uma grave crise desde o golpe militar que depôs o irmão de Yingluck, Thaksin Shinawatra, que vive no exílio em Dubai para evitar uma condenação de dois anos de prisão por corrupção, que ele atribui a motivos políticos.

Desde então, Bangcoc e outras partes da Tailândia foram cenário de protestos de seguidores e opositores do governo da vez.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!