Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

NBA Finais: Miami segura reação do Thunder, vence fora e empata

NBA Finais: Miami segura reação do Thunder

Assim como no jogo 1 das Finais da NBA, Kevin Durant e Russell Westbrook fizeram um bom segundo tempo e um grande quarto período, mas já era tarde. O Miami Heat abriu uma vantagem de 16 pontos com sete minutos de jogo e tinha gordura para queimar. Com 32 pontos de LeBron James, 24 de Dwyane Wade e um duplo-duplo de Chris Bosh (16 pontos e 15 ressaltos), a equipa da Flórida derrotou o Oklahoma City Thunder por 100 a 96, fora de casa, e empatou em 1 a 1 a série decisiva.

O confronto agora vai para três jogos consecutivos em Miami, que o leitor pode seguir em tempo real no Twitter @verdademz ou assistir pela televisão na DSTV no canal ESPN.

O Thunder terá que vencer ao menos uma partida fora de casa se quiser ver as Finais da NBA voltarem para Oklahoma em possíveis jogos 6 e 7. Kevin Durant teve noite atípica neste segundo jogo, marcou apenas dois pontos no primeiro quarto e quatro no segundo, mas terminou a partida com 32 pontos, 16 deles no último período, quando atuou por 10m30s pendurado com cinco faltas. No entanto, depois de comandar a reação do Thunder, o ala errou o arremesso que poderia ter empatado o duelo, num dos muitos lances polémicos da partida (a arbitragem deixou de marcar falta de LeBron James).

Miami começa o jogo com tudo

O Oklahoma errou cinco arremessos antes de fazer o seu primeiro cesto. Depois desperdiçou mais seis. O Miami entrou em quadra nesta quinta-feira (madrugada de sexta-feira em Maputo) com grandes posturas ofensiva e defensiva e não perdeu tempo para disparar no placar. Com LeBron James, Dwyane Wade e Shane Battier aparecendo bem, os visitantes abriram 18 a 2.

Se os titulares não estavam a dar conta, nada como ter o melhor sexto homem do campeonato no seu banco. Logo na sua primeira bola no jogo, James Harden acertou um triplo. Fez mais sete pontos no primeiro período para evitar um baile ainda maior do Heat, que terminou o quarto a vencer por 27 a 15. Russell Westbrook fez apenas três pontos, e Kevin Durant anotou dois.

Serge Ibaka apareceu bem com pontos e bandejas para tentar ensaiar uma reação dos anfitriões, que diminuíram para 35 a 27. Mas o Miami respondeu rápido e, numa bola de três de Battier, voltou a aumentar a distância (42 a 29). A vantagem da equipe da Flórida chegou a 17 pontos, seu máximo, quando Mario Chalmers acertou mais um triplo para fazer 51 a 34. O Thunder ainda conseguiu diminuir um pouco a diferença, e o Heat foi para o intervalo a vencer por 55 a 43.

Shane Battier seguia acertando bolas de três e aumentou a vantagem para 70 a 55, mas o Oklahoma City marcou seis pontos seguidos para colocar a diferença em nove pontos. Kevin Durant, com dez pontos, e Russell Westbrook, com nove, entraram no jogo. Mas, com 12 pontos de LeBron, o Miami conseguiu administrar a distância e terminou o quarto vencendo por 78 a 67.

Pendurado, Durant comanda reação

Faltavam 10m30s para terminar o jogo quando Kevin Durant ficou pendurado ao fazer a sua quinta falta. Isso não intimidou o ala. Logo na sequência ele acertou uma bola de três e deu um belo afundanço. Com mais uma bandeja de Harden, a diferença caiu para seis pontos (82 a 76).

O Miami parecia perdido em quadra, e o Oklahoma City aproveitou para incendiar o confronto e o ginásio. Com a claque enlouquecida, Russell Westbrook fez dois cestos seguidos para encostar de vez (94 a 91), mas Erik Spoelstra pediu tempo, e o Miami reagrupou-se e voltou a distanciar-se 98 a 91 com um afundanço  de Bosh.

O jogo parecia decidido, mas Dwyane Wade perdeu a bola com 43s no relógio, e Durant acertou mais um triplo para chegar a 16 pontos no quarto e deixar o Thunder a dois pontos do adversário (98 a 96).

Num lance polémico no qual a arbitragem deixou de marcar falta de LeBron James, Kevin Durant teve a chance do empate, mas acabou errando o arremesso. Na sequência, LeBron converteu dois lances livres para decidir a partida: 100 a 96.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!